segunda-feira, 18 de abril de 2011

Procurando um título...


Foto Deviantart


Quando você (finalmente) descobrir o significado do verbo surpreender, por favor, me procure. O cachorro está preso e o portão sem cadeado.


Clicou no botão enviar e fez a única coisa que estava ao seu alcance: cruzou os dedos (numa tentativa fajuta de atrair a sorte). A resposta não veio, o ferrolho não fez barulho e nenhum latido anunciou a chegada de uma nova visita. Depois de muita espera fez o que todo mundo faz com as ausências. Resignou-se. O que ele não sabe é que o querer, além de não dormir, tem um apetite voraz e um passatempo curioso (quase sádico). Costura em silêncio corações baqueados, só para vê-los perder a estribeira novamente.

7 comentários:

Jopz_B1B disse...

kurti... e as duvidas quanto ao titulo deram um UP no conjunto

JOPZ

Joana disse...

Procurando um título, esperando alguém. Isso é de tirar o sono!

beijos

Anônimo disse...

...não consigo ver você nesse texto. fiquei mal acostumada. Bj, A.

Anônimo disse...

"O poeta é um fingidor..."

Uli... disse...

Ahh... a maldita espera!! Maldita em toda sua amplitude!!!!!
A primeira vontade é de mandar “ele” ler esse Post. A segunda vontade diz que não receber resposta novamente será totalmente devastador!! Kkkkkkkk... (Sem mencionar a ausência de amor próprio).

Lá e de volta outra vez... disse...

As vezes tenho vontade de mandar vc tomar naquele canto de tanto que amo seus textos e suas sacadas geniais.

michele disse...

uow