quinta-feira, 10 de março de 2011

Um passo a frente

Foto Deviantart

Cansado de andar em círculos

De ver meio mundo passar por mim

Dos olhares piedosos

Das esmolas de carinho

Não quero nada disso

Eu só preciso de uma pá e um pacote de cal

A cova eu mesmo abro

Quero enterrar o passado, tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém

o mais fundo possível, de preferência, já bem próximo a porta do inferno.

10 comentários:

Marina de Siqueira disse...

Tô no mesmo processo de recomeço. Por essa cova que vc fala é, na verdade, o recomeço.

Será q no inferno a gnt se encontra? Porq fora dele, táááá difícil. ahahahah

bjo, Marcelo!

Marina de Siqueira disse...

*porque

Janaína disse...

Altamente fúnebre. Inspiração da quarta-feira de cinzas?

Luciana Luz disse...

Idem.

Jopz_B1B disse...

Sinistramente bom...

moviposi disse...

nossa.. desse texto, só gostei da foto! n combina com o panleovisky q conheço, q embora dramático, sempre consegue ver o lado doce das coisas. aqui o cansaço te domina, e ao invés de olhar pra frente, tá olhando pro chão, ou pro umbigo, para com isso! vamos nos inspirar nos experimentalistas, nos cientistas, q fracaçam 90% das vezes e continuam seguindo o q acreditam, contando com seus 5% de talento e o resto de persistência. te encontro no bar da esquina pra tomar nossa bohemia de trigo! heheh bjo, adoro-te!!

Nomundodalua disse...

Hm..acho que esse texto carrega desabafos, é forte e extremamente verdadeiro sendo fictício (é assim que escreve?) ou não. Muito bom! E..me identifico, só a parte do inferno que..bem..essa não dá pra mim.. x) :)

namastê!

Karen disse...

Sabe o que mais gosto em você? Esse sorriso aberto e o humor apurado misturados com a densidade de certos momentos só teus. O paradoxo sempre me encantou.

Solto disse...

Eu preservando lembranças e você se libertando. Minha hora vai chegar também. =)

My Telephone disse...

Me empresta o que sobrar do cal?!