domingo, 29 de agosto de 2010

De grão em grão


Nunca acreditei na felicidade como um pacote. Normalmente ela vem em pequenos pedaços, fios, nacos, lascas. Por isso aprendi desde cedo a “lamber os beiços” com porções econômicas. Vamos encher o nosso pote, baby. Mas sem correria, desatino e estardalhaço. De grão em grão. Ao fim da semana teremos um banquete. E então, longe dos franco-atiradores, dormiremos em paz, saciados de corpo, gozo e alma.

6 comentários:

Samis disse...

aprendi também a fechar os olhos e açucar os sentidos das porções

Samis disse...

aguçar ou 'açucar'?

Thaís Nogueira disse...

Que bom receber uma visita tua! Obrigada pelo comentário lúcido!Pela postagem,acredito que esta lucidez é parte de ti...
Beijo bem grande pro’cê

Sara disse...

É do muito dessas lasquinhas que nos completamos. Beijo.

Texto novo no blog. Vê lá: www.milcoisasdeum.blogspot.com
Beijo.

Karen disse...

Que lindo. Adorei. Sobretudo a fuga dos franco-atiradores, se é que você me entende. E pensar que tantas "lasquinhas" estão longe de mim. Um dia eu volto. :**

Camila Costa disse...

Lindo, lindo.