sexta-feira, 28 de maio de 2010

Indissociáveis

Foto: Fábio Pinheiro

Sentamos na varanda, um ao lado do outro, de frente para o Atlântico. Exaustos, ainda bêbados e felizes pela noite anterior. O sol ainda estava sob os cobertores. Talvez pedindo a Deus mais 15 minutos de cochilo. Ela não entendia porque o dedo mindinho doía tanto. Eu procurava explicação para o arranhão na minha canela. Quando os primeiros raios finalmente apontaram no horizonte ninguém disse: “Que lindo!” ou “A natureza é um espetáculo!”. Ficamos em silêncio. Abraçados. Agradeci a Deus por estar vivo e ao lado dela. Porque estar ao lado dela faz (e continuará fazendo) toda diferença na minha vida.

5 comentários:

Samis disse...

Olá Marcelo!

Achei o seu blog nos "seguidos" de mi amor e achei sua escrita fantástica, por isso decidi me introsar...
Sinta-se também a vontade naquela casa lá.
=)


Boa semana.

Cele disse...

Acho que cheguei aqui pelo blog "sere palmos" do Tiago. Lindo!
texto, querendo muito alguém que faça diferença de novo!

Sara disse...

"E a madrugada sempre puxa o cobertor para o sol..."
beijos, Panelovisk

Nomundodalua disse...

ain que delicia..
momentos assim são o que fazem a vida valer a pena! aproveite-os!
a proposito, vc tava na final do concurso do beatles neh? hahaah
fiquei na dúvida se falava ou não x)
beijo!

ps: e vc eh amigo de ana cândida, neh? :)

antes da chuva disse...

cena bonita.