quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Os Imcompreendidos

- Tava com muita saudade de você... Muita...

- Amor, você vai achar loucura se eu disser que deu vontade de comer bala soft vermelha?

- Você ouviu o que eu disse, Flávia?

- Eu também gostava muito daquela amarela...

- Tá brincando comigo, né?

- Será que ainda existe no mercado?

- Tudo bem, você venceu, Flávia. Eu vou pra casa.

- Amor, na volta você traz uma bala soft? Vermelha, viu?

3 comentários:

Luciana Luz disse...

É assim mesmo... kkkkkkkkkkkkk

Larissa C. disse...

Exatamente! amor é uma coisa engraçada... kkkkk :)

Laryssa Guimarães disse...

Menina má. O guri diz que sentia saudades e a personagem responde que quer uma bala. É muita desvalorização com um sentimento como a saudade para uma pessoa só.
Ah, a saudade. Ah, o amor.
O incompreendido, é verdade.